sexta-feira, 20 de maio de 2016

Cooking with the Stars #7: James Stewart's American Apple Pie

 

Esta "edição" do Cooking with the Stars é, sem dúvida, a minha preferida até agora. Primeiro, porque celebra o 108º aniversário do meu actor de Hollywood clássico preferido, James Stewart; segundo, porque contém a receita da melhor tarte de maçã de todos os tempos.

Esta tarte é deliciosa, nem encontro palavras para descrevê-la. Porque é que é tão mais fácil descrever quão delicioso é um bolo? Mesmo assim, espero que confiem em mim e experimentem esta maravilhosa tarte, que me surpreendeu muito positivamente quando a provei pela primeira vez. Afinal, não tem nenhum ingrediente especial ou secreto, tanto a massa como o recheio são feitos com ingredientes simples. 

O que pode ser mais surpreendente é o queijo ralado na massa, mas parece que é algo não incomum em tartes de maçã ao estilo americano. Da primeira vez que fiz esta tarte utilizei queijo de São Jorge, desta vez queijo parmesão, e ficaram as duas muito bem. Curiosamente, achei o sabor do queijo parmesão mais forte que o do queijo de São Jorge. Suponho que deveria ter utilizado queijo cheddar, que é o que se costuma ver mais nestas receitas, mas fica para a próxima.

Se quiserem acompanhar esta tarte maravilhosa com um bom filme, tenho bastantes para recomendar (já vi muitos, muitos filmes do Jimmy Stewart, e para dizer a verdade, acho que gostei deles todos), mas reduzi-os ao que gostei mesmo, mesmo muito e/ou que são mais conhecidos: Vivacious Lady (1938), Mr. Smith Goes to Washington (1939), The Shop Around the Corner (1940), The Philadelphia Story (1940), It's a Wonderful Life (1946), Harvey (1950) e Rear Window (1954).

Ingredientes

Massa
2 chávenas de farinha
½ colher de chá de fermento
½ chávena de margarina
½ chávena de água fria (aproximadamente) - precisei de apenas 7 colheres de sopa
3 colheres de sopa de queijo ralado

Recheio 
½ chávena de açúcar branco
½ chávena de açúcar mascavado claro
½ colher de chá de canela
4 chávenas de maçãs laminadas finamente (cerca de 4 maçãs)
½ colher de chá de sal
Raspa de ½ limão
2 colheres de sopa de manteiga


Preparação

1. Peneire a farinha com o fermento e o sal para um recipiente. Adicione a margarina e envolva na farinha com uma faca com movimentos de corte até obter um 'crumble'. Junte água suficiente, 1 colher de sopa de cada vez, até obter uma massa que se descole do recipiente e seja moldável. Forme uma bola, envolva em película aderente e leve ao frigorífico enquanto prepara o recheio.

2. Misture os açúcares com a canela, a raspa de limão e o sal. Adicione às maçãs laminadas e misture bem para envolver.

3. Divida a massa em duas partes. Estenda uma delas numa superfície enfarinhada com o rolo da massa e utilize para forrar uma forma de tarte (cerca de 23 cm diâmetro). Distribua as maçãs pela tarteira uniformemente e espalhe pedacinhos de manteiga por cima. 

4. Estenda a restante massa muito fina e polvilhe metade com o queijo ralado. Dobre ao meio e estenda a massa outra vez até ficar com o tamanho certo para cobrir a tarte. Coloque a massa por cima das maçãs e pressione para selar bem. Se a massa não colar, humedeça-a com um pouco de água. Faça alguns cortes no topo da massa para permitir que o vapor saia. Se tiver excesso de massa, pode utilizá-la para decorar o topo da tarte.

5. Leve ao forno pré-aquecido a 230ºC durante 15 minutos. Reduza a temperatura para 180ºC e deixe cozer durante mais 30 minutos ou até a massa ficar dourada e as maçãs bem cozidas.


This installment of Cooking with the Stars is definitely my favorite so far. Firstly, it celebrates James Stewart's, my favorite classical Hollywood actor, 108th birthday; secondly, it contains the best apple pie recipe of all time. 

This pie is delicious, but I can't find proper words to describe just how good it is. I hope you'll trust me anyway and try it out, it's an amazing apple pie, and quite simple, too. 

The first time I made this pie, I used a Portuguese cheese (São Jorge), but this time I just used Parmesan. They both turned out really well, even though I suppose the most obvious choice of cheese would be cheddar. However, I guess you can use whatever mild-tasting hard cheese you like.

If you'd like to eat this wonderful pie while watching a good movie, I have quite a few to recommend (I've watched a lot of Jimmy Stewart's movies, and to be honest, I'm pretty sure I enjoyed all of them), but I've cut them down to my absolute favorites: Vivacious Lady (1938), Mr. Smith Goes to Washington (1939), The Shop Around the Corner (1940), The Philadelphia Story (1940), It's a Wonderful Life (1946), Harvey (1950) and Rear Window (1954).

Ingredients

Pastry
2 cups pastry flour
½ teaspoon pastry baking powder
½ cup shortening
½ cup cold water (approximately)
3 tablespoons freshly grated cheese

Filling
½ cup granulated sugar
½ cup brown sugar
½ teaspoon cinnamon
4 cups thinly sliced apples
½ teaspoon salt
Zest of ½ lemon
2 tablespoons butter


Instructions

1. Sift flour, baking powder and salt together. Cut in shortening until you get a crumbly dough. Add only enough of the water – a tablespoon at a time – to make a dough that won't stick to the bowl. Form into a ball, wrap in cling and chill in a refrigerator while preparing the filling. 

2. Combine the sugars with cinnamon, salt and lemon zest. Add to the sliced apples and mix well to coat.

2. Divide chilled dough into two parts. Roll out one part on a floured board with a floured rolling pin. Line a pie pan with this dough and then fill it with the apple mixture. Distribute little dots of butter on top of the apples.

3. Roll out the other half of the pastry very thin, sprinkle one half of it with the grated cheese and fold the other half over the cheese. Roll out again to right size to cover the pie. Place upper crust over the filling and seal the two crusts together firmly around the edge, moistening the pastry with water if needed. Cut slits in top crust to allow steam to escape.

4. Place in an oven preheated to 230ºC and bake for 15 minutes. Reduce heat to 180ºC and bake 30 minutes longer or until apples are tender and crust is golden.

2 comentários:

  1. Eu adoro tarte de maçã e fazia imensas vezes com a minha mãe! Agora queijo na tarte é realmente surpreendente! E ainda me surpreende mais o queijo da minha ilha que tem um sabor intenso! Estou ansiosa por experimentar! A tua tarte ficou linda! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada! Eu por acaso achei o toque do queijo interessante. Para dizer a verdade, usei queijo de São Jorge porque era o único que tinha em casa, mas achei que ficou muito bom :)

      Eliminar